in

Biomedicina | Por dentro da profissão que revoluciona o futuro da saúde

A Biomedicina é uma das carreiras fundamentais para o desenvolvimento e evolução da área da saúde, mesmo que, ao pensar nos protagonistas deste segmento, normalmente nos lembramos dos médicos, enfermeiros e auxiliares de enfermagem.  

É importante saber que, apesar de fazerem parte da linha de frente no cuidado e preservação da vida, esses profissionais não estão sozinhos e contam com a ajuda e experiência dos biomédicos, profissionais que unem a Biologia e a Medicina para pesquisar as origens das doenças humanas e estudar microrganismos a fim de desenvolver tratamentos como peças-chave quando o assunto é a saúde das pessoas.  

Responsáveis por grande parte do trabalho “por trás das câmeras”, o profissional de Biomedicina é aquele que pesquisa, elabora e executa exames clínicos, desenvolve tratamentos e se dedica a estudar novas formas de prevenção de doenças, tudo para contribuir com o aumento da qualidade de vida da população.  

Afinal, o que é Biomedicina?

A Biomedicina é uma área de atuação da saúde relativamente jovem, já que surgiu somente em meados dos anos de 1960. Situada exatamente entre as áreas de Biologia e Medicina, este campo é responsável por identificar as causas de diversas doenças através de estudos e pesquisas, análises laboratoriais e outros recursos, tudo para desenvolver o tratamento para cada uma delas. Esse processo passa pela identificação da patologia, sua origem, seus formatos, suas maneiras de ataque ao organismo humano e suas implicações presentes e futuras.  

A profissão possui mais de 34 áreas de atuação, que vão desde o campo das pesquisas científicas básicas e aplicadas, voltadas para estudos sobre o desenvolvimento e produção de soros, medicamentos e vacinas, por exemplo, até análises laboratoriais, voltadas para identificação e pesquisa de células, tecidos, resíduos e outros.   

A Biomedicina em tempos de coronavírus

A pandemia da Covid-19 abalou todo o mundo, e, neste momento crucial, a atuação do biomédico mostra-se indispensável à saúde pública. Trabalhando na linha de frente das análises clínicas e no diagnóstico da doença, os biomédicos debruçam-se sobre a difícil tarefa de estudar o vírus e suas implicações nos organismos humanos, tudo para que medidas de prevenção e controle sejam traçadas com precisão a fim de conter a disseminação da doença.  

Uma das áreas de atuação da Biomedicina que tem chamado a atenção de muitos profissionais ao redor do mundo é a de desenvolvimento de vacinas, pesquisas e investigações sobre o genoma do vírus. Esses profissionais – antes pouco conhecidos pela população em geral – são os que hoje permanecem em busca de respostas sobre as características da doença, esmiuçando todas as suas informações para criar estratégias de combate ao novo coronavírus.  

Ainda dentro do contexto mundial da pandemia, é no Brasil que surgem dois grandes destaques dessa batalha. Responsáveis pela coordenação da equipe que mapeou o genoma do novo coronavírus e publicou sua sequência, os biomédicos Jaqueline Góes de Jesus e Claudio Tavares Sacchi demonstram como a profissão é de extrema importância para a saúde, principalmente em tempos nebulosos como os de uma pandemia.  

O futuro da profissão

Mesmo não atuando diretamente com pacientes, fazendo cirurgias ou prescrevendo medicamentos, o trabalho do biomédico é imprescindível para a promoção da saúde, prevenção e tratamento de enfermidades, principalmente quando olhamos para o futuro.  

Os avanços da tecnologia, especialmente nas áreas de biotecnologia e nanotecnologia, trazem a profissão como uma grande aposta para alterar os padrões atuais da área da saúde. Atuando como uma verdadeira revolução para o setor, a Biomedicina aliada à tecnologia oferece um cenário em que os avanços no diagnóstico e prescrição de tratamentos para pacientes estarão na palma de nossas mãos.  

Áreas de atuação

Como a Biomedicina é totalmente voltada para a pesquisa de doenças, o profissional já tem um campo de atuação quase infinito dentro da área da saúde, conseguindo se estabelecer em diversas frentes de trabalho como análises clínicas, análises ambientais, análises bromatológicas, biologia molecular, genética, reprodução humana, citologia oncológica e imagenologia.  

Dessa forma, o biomédico pode atuar em hospitais, laboratórios de pesquisa, laboratórios de análises clínicas, clínicas de fertilidade, bancos de sangue e na indústria de medicamentos.  

Para tornar-se um biomédico, é preciso concluir a graduação em Biomedicina. Além disso, é preciso obter o registro no Conselho Regional de Biomedicina (CRBM).  

O curso e seus pontos focais

A graduação em Biomedicina prepara os profissionais para entender todo o processo de identificação e promoção de tratamentos das mais variadas doenças. Focado em disciplinas da área da saúde, o curso tem abordagens teóricas e práticas, dando ao aluno oportunidade e experiências únicas para que estes dominem todos os campos de conhecimento pertinentes à profissão, das ciências biológicas e da saúde, ciências humanas e sociais, biotecnologia, química, física, entre outros.  

No contexto diário da graduação, serão desenvolvidos também trabalhos científicos, seminários e congressos na área da saúde. Desta forma, o aluno se sente mais confiante e capacitado para atuar nas áreas que mais tem afinidade, dando protagonismo à sua carreira como biomédico.  

Biomedicina na UJ

Na Unijorge, o aluno do Curso de Graduação em Biomedicina é capacitado para realizar atendimento e procedimentos em processos como acupuntura, análises clínicas, análises hematológicas, produção e análise de bioderivados, análises ambientais, bioengenharia e muito mais. Pautado em princípios éticos e na compreensão da realidade social, cultural e econômica do seu meio, o curso é focado em formar profissionais capazes de transformar a realidade atual em benefício da sociedade. 

Ficou interessado? Então conheça o Curso de Graduação em Biomedicina da Unijorge e dê o próximo passo para construir sua carreira. Clique aqui e saiba mais 

O que você achou?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *